Tags

, ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

As praias são a principal atração de Aruba (e do Caribe de maneira geral, né?).

Se você não quiser sair da praia e da piscina do hotel, pode ter certeza de que irá aproveitar bastante e de estará numa praia linda e deliciosa.  Mas, estando lá, que tal não ficar apenas na praia do hotel e sair para desbravar as lindas e pouco frequentadas praias de Aruba.

  • Palm Beach: é a praia mais famosa e com maior concentração de hotéis de Aruba.  Os hotéis são mais novos e mais altos e a área é conhecida como high rise hotel area.  A praia tem uma faixa de areia bem larga e o mar afunda mais rápido do que nas demais.  É a única que dispões de restaurantes e barraquinhas na faixa de areia.
  • Eagle Beach: a praia do nosso hotel. Área conhecida como low rise hotel area, tem hotéis mais antigos e a melhor concentração de divi-divi (árvores tortas típicas de Aruba) e bons restaurantes que não são de uma grande cadeia internacional.  Os hotéis dessa área disponibilizam espreguiçadeiras e palapas (barraquinhas de madeira e palha seca) para os hóspedes, mas não dá pra comprar comida por lá. É possível encontrar barracas de bebidas.

Essas são as duas maiores e mais conhecidas praias. As demais prais vou agrupar da maneira que acho melhor a visitação.

Reserve um dia para visitar Baby Beach (a mais distante, demora uns 40min até chegar nela) e vir parando nas outras duas enquanto volta para o hotel:

  • Baby Beach: é linda, linda, linda e rasa. Dá pra aproveitar bem com crianças pequenas.  Existem algumas palapas públicas, mas alguns rapazes alugam tendas e espreguiçadeiras ($35 e $9).  Eles são meio brutos e não aceitam que você divida a sua espreguiçadeira com mais ninguém, inclusive com crianças.  Eles até gritaram com algumas pessoas durante o tempo que passamos lá.
  • Rodgers Beach: relativamente parecida com Baby Beach. Recebeu palapas novinhas há pouco tempo.
  • Mangel Alto: é linda e é um mangue com raízes altas, muito rústica, quase selvagem e sem nenhum movimento. Na volta para o hotel, fica logo depois que sair de Savaneta (você vai ver as placas).  Tem que sair da estrada principal e perguntar. Tinham me dado a indicação de um supermercado, mas ele não existe mais.  O negócio é perguntar mesmo porque nós nos perdemos bastante.  Mas vale muito a pena.

Em um outro dia você seguir no sentido contrário a Baby Beach, para visitar o Califórnia Light House.  É um farol que fica num ponto alto da ilha.  Comece o dia cedinho antes que o sol fique muito forte e o farol esteja lotado excursões.  Saindo do farol e voltando pro hotel, você vai passar por duas das praias que o Elcio e as crianças mais gostaram:

  • Arashi Beach / Boca Catalina (a preferida das crianças) e Malmok Beach, dá pra ver da estrada as placas e os acessos à praia.  Dá pra parar o carro em Arashi e ir andando até Boca Catalina e Malmok, são bem coladas umas às outras.  A áreas tem muitos corais e tem um navio afundado.  Se não tiver nenhum barco de passeio parado perto do naufrágio, dá pra ver muita coisa por lá.  As pessoas pagam por esse passeio do naufrágio, mas dá pra aproveitar assim sem pagar nada.
Anúncios