Review: Disney´s Art of Animation

Tags

, , , ,

Decidimos chegar a Orlando com um pouco de folga antes do cruzeiro da Disney que fizemos em outubro.  Como ficaríamos apenas dois dias, resolvemos ficar em um dos hotéis da Disney e escolhemos o Disney´s Art of Animation porque eu ouvi algumas indicações de que ele seria o melhor da categoria de hotéis econômicos dentro do complexo.  O hotel é novo, as áreas comuns são lindas, mas não chegamos a aproveitar a piscina porque ficamos hospedados duas noites e apenas um dia no hotel (dia que, obviamente, foi aproveitado nos parques).

Check In: sem filas e bastante rápido. O funcionário dá um mapa do hotel, explica onde fica o quarto, “configura” as magic bands, coloca uns mapas do parques em um envelope e só.  Passei pela recepção pelo menos umas 4 vezes e em todas sobrava gente para atender.  No entanto percebi que o funcionário que nos atendeu não nos deu o mesmo atendimento que deu para outras duas famílias americanas.  Pelo que percebi, ele passou menos detalhes sobre as funcionalidades do hotel.  Eu falo inglês fluentemente, conversei com ele sobre alguns assuntos triviais enquanto ele finalizava o atendimento, então não teria porque ele não passar para mim todas as informações. Também não tenho complexo de “sou mal atendida porque sou brasileira”. Já viajei para vários lugares, passei por vários hotéis e nunca tinha sentido aquele tipo de diferenciação.  Até fiquei pensando friamente sobre o assunto por uns dias, mas a realidade crua é essa: não fui mal atendida, mas não recebi todas as informações a que tinha direito, sobre as piscinas por exemplo. Ponto negativo para o hotel.

Quarto: Ficamos no quarto da Pequena Sereia, que é uma gracinha mas é super pequeno. Eu já sabia que o quarto ia ser pequeno, mas o Elcio ficou um pouco assustado.  No entanto, achamos o banheiro é espaçoso. Eu achei o carpete do quarto sujo e encontramos alguns (vários) cabelos na banheira. #nojinho

Ficamos no térreo, o que foi ótimo com a questão das malas.  Não vi nenhum elevador lá. Não sei como o pessoal sobe com as malas.

Segurança:  Achamos o hotel seguro, com pouca gente circulando pelas áreas dos quartos.  Para acessar o hotel, você precisa usar sua magic band para liberar a cancela ou informar que está chegando para o check in e passar o seu nome para o segurança.

Estacionamento: O estacionamento é amplo e gratuito. Além disso, o hóspede também tem acesso gratuito ao estacionamento de todos os parques.

Check Out: é expresso, não precisa nem passar na recepção para dar tchau.  É só fechar o quarto e ir embora. Mais prático impossível.

Vantagens: A proximidade com a Disney.  Além disso, existe a facilidade da “magic band” para acessar o quarto, entrar nos parques, fazer compras, etc. Não usamos o transporte, as “extra magic hours” e nem conseguimos aproveitar as áreas comuns ou as piscinas.

Voltaria?  Não voltaria.  O quarto seria ótimo se fosse em NY, inclusive na relação custo X benefício.  Mas em se tratando de Orlando, que tem uma infinidade de hotéis com preços baixos e muito espaço e comodidade, não acho que seja um bom negócio.

O que faria diferente? Caso voltasse a me hospedar no hotel, faria três coisas: ficaria em uma das suítes familiares (Rei Leão, Nemo ou Carros), solicitaria ficar no térreo mais uma vez e curtiria as piscinas!

Review: Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party

Tags

, , , ,

DSC06482 DSC06486

Aproveitando que hoje é a noite de Halloween, vou dar as minhas impressões sobre a festa de Halloween especial que acontece em noites selecionadas no Magic Kingdom todos os anos.

Para entrar na festa, é preciso um ticket especial. Nas noites em que o evento acontece, o parque fecha oficialmente às 19h.  A partir desse horário, apenas quem tem o ingresso para o  Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party pode ficar no parque.  O controle é feito através de uma pulseira recebida na bilheteria e a fiscalização é grande.  Todos os funcionários verificam se você está com a pulseira e, caso não consigam visualizá-la, eles pedem que você mostre o braço.

Pulseira que dá acesso aoMickey's Not-So-Scary Halloween Party.

Pulseira que dá acesso aoMickey’s Not-So-Scary Halloween Party. 

O parque fica absolutamente lindo com as cores do Halloween: predominando laranja, vermelho e roxo. Para destacar a iluminação especial, o parque é mantido na penumbra. A primeira coisa que eu pensei quando cheguei ao Magic Kingdom foi “Que lindo!” e a segunda foi “Que escuro!”.  Foi até um pouco difícil acostumar os olhos no começo, mas o “sacrifício” vale a pena.

As famílias dão um show de criatividade e a maioria das fantasias não é assustadora.  Ao contrário do evento de Halloween da Universal Studios, que é focada no público maior do que 13 anos, a festa da Disney é totalmente pensada para as famílias com crianças pequenas.

DSC06489

Saindo para o parque caracterizados.

Saindo para o parque caracterizados.

Loga na entrada eles distribuem sacolinhas para que você possa fazer o “Trick or Treat”. A sacolinha era a mesma que havíamos recebido na noite de Halloween do Disney Fantasy. Como as crianças haviam curtido os doces e a festa lá, acabamos não parando para pegar doces porque as filas estavam intermináveis. Achei interessante que no aplicativo do parque você consegue visualizar os pontos de distribuição dos doces.

Os brinquedos são todos mantidos funcionando, mas não há distribuição de fastpass porque (teoricamente) não há filas que duram mais do que 30min.  Eu fico sempre meio desesperada quando chego aos parques, com medo de pegar muita fila e logo achei que essa previsão deles era furada porque o parque parecia cheio.  Fiquei tensa.  Fomos direto para a fila da Seven Dwarfs Mine Train, que ainda não conhecíamos. Ao chegar em frente ao brinquedo, previsão de 45min de fila (#xatiada). Aparentemente ele haviam superestimado o tempo porque não passamos mais de 20min na fila.  A maioria dos brinquedos não tinha fila praticamente nenhuma, então aproveitamos muito o parque.  Fomos duas vezes na Seven Dwarfs Mine Train, duas vezes na Big Thunder Mountain, que são os nossos brinquedos favoritos no parque.  Além disso, brincamos em diversos brinquedos sem nenhuma preocupação com tempo, dançamos com o pessoal do Montros S/A, aproveitamos demais todos os momentos no parque.

Achamos a queima de fogos especial que eles fazem, a Hallowishes, mais bonita que a que acontece todos os dias.  Segue um vídeo amador que fizemos:

A parada elétrica também é especial e se chama “Boo to You”, mas ficamos sem bateria da câmera bem na hora e não conseguimos filmar.😦   Ela acontece em dois horários: 20h35 e 23h15.

BOO TO YOU

BOO TO YOU

Apesar da festa começar oficialmente apenas às 19h, é possivel entrar no parque a partir das 16h caso você tenha o ingresso especial para a festa.  O parque ficou aberto até 1h da manhã, mas nós saímos logo após a parada, felizes e satisfeitos com tudo o que havíamos feito no parque.

Disney Fantasy – Outubro/2015 – Embarque

185-2154272-Embrk Terminal-11572_GPR

Nunca havíamos feito um cruzeiro antes e estávamos apreensivos. Seria lotado demais?  O embarque seria difícil demais? Pesquisei em vários blogs e todos eram unanimes: processo rápido e organizado, duração máxima de 45-60 min.

Fizemos tudo como manda o figurino: preparamos mala de mão com troca de roupa e água para consumirmos no quarto durante o cruzeiro, fomos de biquíni e uma roupa leve por cima para podermos aproveitar o dia na piscina enquanto não liberavam os quartos, tudo nos conformes.

Pois bem.

Poucos dias antes do nosso embarque, para o meu desespero, começaram a anunciar meu pior medo: um furacão estava se aproximando da nossa rota. Apreensão, preocupação com mudança de rota, medo de não conseguir embarcar, os piores cenários começaram a rondar minha mente.  O prognóstico era favorável e muito possivelmente o meu cruzeiro não seria afetado, mas o cruzeiro imediatamente anterior ao meu sofreu uma série de intercorrências.  O resultado é que eles chegaram atrasados ao porto.  No dia do meu embarque, que estava previsto para às 11h da manhã, eles enviaram um email educado pedindo que chegássemos duas horas depois do planejado:

IMG_2517

Saimos de Orlando pro Cabo Canaveral com calma, fizemos hora em um Walmart e chegamos faltando 15 minutos para as 13h na locadora de veículos para devolver o carro e pegar o transfer.

FILA! FILA QUILOMÉTRICA NA LOCADORA!

Bateu o desespero! O que estava acontecendo? Depois de devolver o carro, descobrimos que todos ali deveriam embarcar na mesma hora que a gente.  Começou a correr um boato na fila da locadora de que haviam liberado o primeiro grupo para entrar no navio apenas ao meio dia e que estava tudo atrasado e um caos.  Conseguimos pegar o transfer apenas 90 min depois que chegamos.

Ao chegar ao porto propriamente dito, mais desespero.

FILA! FILA QUILOMÉTRICA NO PORTO!

O embarque era depois do portão 1 e a fila andava lentamente...

O embarque era depois do portão 1 e a fila andava lentamente…

Ficamos na fila mais umas duas horas, sendo que 90% desse tempo foi embaixo de sol de rachar na hora do almoço. Fora do porto não existia uma máquina que vendesse refrigerante ou salgadinhos, nada. Foi um estresse porque conseguimos comer já quase 17h e comemos correndo para fazer o treinamento de segurança.

Quando estávamos lá dentro, com calma, entendemos o que tinha acontecido: o navio chegou atrasado mesmo, eles demoraram para liberar a entrada do primeiro grupo mesmo, mas o que realmente aconteceu é que todo mundo se desesperou com o email enviado pela Disney e todos resolveram ir para o porto ao mesmo tempo.  O que faltou, na realidade, foi um pouco de jogo de cintura para conter quem havia chegado mais cedo e não prejudicar quem estava na hora certa indicada por eles.

A gente sabe que americano é não tem muito jogo de cintura mesmo, né? Então vamos colocar a culpa na cultura e não no processo ou na Disney. Mas, olha, foi um estresse!

O que importa é que, uma vez instalados, alimentados e limpos, tudo ficou mais que maravilhoso!🙂

Vinícolas Uruguaias – Bodega Bouza e Juanico

Tags

, , , , , , ,

No ultimo mês de julho aproveitamos um feriado prolongado em SP e fugimos por quatro dias para Montevidéu, capital Uruguaia.  Como eu e o Elcio gostamos muito de vinhos e vinícolas, imaginamos que a viagem seria perfeita para curtir vinhos a dois.

Nós estávamos certos!  Depois de uma visita ao Uruguai, você precisará de duas coisas: dieta e clareamento dentário.🙂

Isso porque a especialidade dos uruguaios é o vinho tannat e todas as degustações que você fizer serão acompanhadas por deliciosas mesas com pães, fiambres, empanadas… Prepare-se para comer e beber bem!

Ao desembarcarmos do avião, pegamos o carro alugado, deixamos as malas no hotel e fomos imediatamente para a Bodega Bousa. As duas vinícolas que mencionamos neste post ficam na região de Canelones, a uns 40 minutos de Montevidéu.

O lugar é lindo e nós havíamos agendado tour com almoço e degustação. A vinícola é extremamente comercial, o que a fez perder um pouco do charme.  O tour aparentemente não tem um número muito limitado de pessoas por vez. O nosso com certeza tinha mais de 80 pessoas (grande maioria brasileiros) nem todas interessadas em vinho, obviamente. Não dava para ouvir o que a guia falava porque as pessoas estavam mais preocupadas em bater papo, tirar fotos e dar a experiência como feita.  Talvez até pela nossa experiência prévia em outros países, não gostamos do tour.  Na sequencia fomos para o lindíssimo restaurante da Bodega.  Ambiente impecável, comida e atendimento deixaram muito a desejar. E olha que eu não sou enjoada, fico feliz com facilidade.  A carne que pedimos passou do ponto e o garçom que nos serviu tinha tantas mesas para atender que precisava falar sobre o vinho com muita pressa.  Não dava para entender e muito menos ouvir o que ele falava.  Não sei se por causa disso, mas não gostamos de nenhum vinho, não compramos nada.  Acho que não indicaria para um amigo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bouza Bodega Boutique
Cno. de la Redención 7658 bis
Montevideo – Uruguay
bouza@bodegabouza.com
visitas@bodegabouza.com

Logo depois do almoço seguimos para o Estabelecimento Juanicó.  Fica pertinho da Bouza, uns dez minutos separam as duas, mas que diferença!  O lugar é igualmente lindo, mas muito mais intimista do que a Bouza.  A degustação dos vinhos é servidas com muitos petiscos, que nós nem conseguimos comer porque estávamos satisfeitos do almoço. Uma pena!  O restaurante também pareceu muito bom. Nós conversamos com um casal de brasileiros que estava lá e eles amaram a comida e o serviço.  Se fosse para escolher hoje, almoçaria lá ao invés da Bouza.  A visita guiada pela vinícola foi muito mais interessante porque o grupo tinha menos de dez pessoas e a degustação foi apenas para nós dois.  Adoramos o lugar e achamos os vinhos melhores.  Trouxemos na mala um Sauvignon Blanc Don Pascual 2015, um Shiraz Tannat Don Pascual 2014, um Prelúdio Familia Deicas e dois azeites deliciosos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Establecimiento Juanicó s/n –

90400 Juanicó

Canelones – Uruguay

Entre as duas, preferimos a experiência e os vinhos da Juanicó, mas visitamos outras muitas vinícolas que falarei sobre nos próximos post sobre o Uruguai.

Epcot International Food & Wine Festival 2015: O Que Fazer?

Tags

, , , , , ,

Começará no próximo dia 25/09 a 20a Edição do Epcot International Food & Wine Festival.  O evento proporciona uma rica experiência culinária e cultural aos visitantes do Epcot, que poderão experimentar deliciosas comidas regionais, vinhos e cervejas de todo o mundo em mercados especiais instalados ao longo World Showcase.  Nessa vigésima edição, o festival vai ocupar também uma a área do Future World, onde será possível ter contato com temas como queijos, vinhos e técnicas de gastronomia.

Durante este evento, é possível encontrar quiosques de diversos países, regiões, culturas por todo o World Showcase (Itália, Brasil, África do Sul, Austrália, Rússia, Espanha Irlanda). Cada quiosque apresenta um cardápio de comidas e bebidas típicas que você pode comprar e experimentar. A ideia é justamente degustar algumas opções diferentes ao longo do parque, então as porções são pequenas mesmo.  Sugiro que você não perca tempo no quiosque do Brasil, pois com certeza você encontrará comida de melhor qualidade aqui mesmo. Use a oportunidade para conhecer coisas novas.😉

Ao chegar ao Epcot procure o “Festival Welcome Center” para planejar o seu dia.

Destacamos:

  • A nova área Artistry of Wine & Cheese, que contará com o Cheese Studio e Wine Studio. Neles será possível harmonizar vinhos premium e queijos.
  • Mais de 250 chefs de cozinha, incluindo Disney chefs estrelas da culinária de todo o país estarão lá para celebrar: Cat Cora, Robert Irvine, Jamie Deen, Rock Harper, Buddy Valastro e outros top chefs vão compartilhar seus conhecimentos de culinárias.
  • Novos eventos exclusivos, incluindo o “Rockin’ Burger Block Party” vão oferecer uma variedade enorme de oportunidades para conhecer novos pratos. A festa “Party for the Senses” vai combinar chefes cozinhando em um palco, estações de bebidas e entretenimento ao vivo todos os sábados de Outubro.  Como ponto alto, no sábado (31/10) acontecerá a primeira festa “Yelloween Masquerade”.

Duas coisas a Disney sabe fazer bem: celebrar e vender.  Como é de se esperar o Epcot inteiro fica tematizado para o evento e você encontra várias lojinhas com produtos especiais do Food & Wine Festival, inclusive um livro de receita com algumas das receitas mais populares do evento.

O Disney’s Food & Wine Festival acontece durante o horário de funcionamento do parque. Não é preciso comprar um ingresso separado para o festival (mas é preciso pagar pelas comidas, óbvio).

Os eventos  “Party for the Senses grand tasting” e outros programas especiais de culinária e bebida demandam agendamento prévio e ingressos especiais de entrada.  Para reservas, ligue 407/WDW-FEST (939-3378). Mais detalhes no  EpcotFoodFestival.com.

Além dos quiosques, acontecem shows todas noites.  É Eat to the Beat Concerts.

Nos próximos post da série, falaremos sobre os Mercados de Comida e Bebida que você poderá encontrar durante o evento e passaremos a programação atualizada dos shows. Aguardem!

  • Dica: Você pode adquirir um Disney Gift Card, que pode ser carregado com valores a partir de U$5 e recarregado  sempre que necessário. Muito melhor do que ficar pegando em dinheiro antes de comer, né?  É possível comprar o Disney Gift Card em qualquer bilheteria do Epcot e em alguns pontos sinalizados no parque.

Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party

Tags

, , , ,

A partir do próximo dia 15 de setembro começa a Mickey’s Not So Scary Halloween Party no Magic Kingdom!

Durante o evento, além das paradas e dos personagens com figurinos especiais, a novidade é o novíssimo show  “Hocus Pocus Villain Spelltacular” que acontecerá no palco em frente ao Castelo da Cinderela.

 No show, as irmãs Sanderson, do filme “Abracadabra”, retornam ao mundo dos mortais por uma noite durante a temporada de Halloween. Com apenas algumas horas para irem à loucura, as três irmãs decidem usar sua mágica para dar a melhor e mais perversa festa de Halloween de todos os tempos.

Com a ajuda dos vilões da Disney, Winifred, Mary e Sarah juntam sombras sinistras, pesadelos abomináveis e o poder de seus terríveis amigos para conjurar a derradeira Hocus Pocus Party Potion e lançar um feitiço em todos que estão no Magic Kingdom.

“Hocus Pocus Villain Spelltacular” conta com participações especiais do Dr. Facilier (também conhecido como O Homem da Sombra do filme “A Princesa e o Sapo”), Oogie Boogie (o bicho papão do “Estranho Mundo de Jack”), Malévola e outros grandes vilões da Disney, junto com dançarinos, projeções e efeitos especiais que combinados fazem desse show uma atração imperdível durante o Halloween.

“Hocus Pocus Villain Spelltacular” será apresentado exclusivamente durante a Mickey’s Not-So-Scary Halloween Party, em noites especiais entre 15 de setembro e 1 de novembro de 2015, no Magic Kingdom.

Lembrando que esse evento requer ingressos especiais para ele:

Adultos: A partir de U$68 (+ tax)          Crianças: A partir de U$63 (+ tax)

Links da Semana #2

Essa semana foi corrida pra mim por causa de compromissos alheios ao blog, então tenho menos posts interessantes para indicar. Mas esses poucos posts valem muito a pena:

  1. Quer ligar para Disney de graça e ser atendido em português? A Andreza ensina como fazer isso.

mickey

2. Quer criar um plano de viagem?  No site Minitime (em inglês), além de artigos sobre viagens e planos de outros viajantes, você pode criar os seu plano personalizado gratuitamente. Já fiz o meu: a ferramenta é muito fácil de usar.

Captura de tela 2015-08-23 18.35.50

Compras: Cosmético nos EUA

Tags

35844

Houve uma época na minha vida em que passava apenas batom e rímel e ficava feliz. Maquiagem era uma coisa para eventos especiais, sempre feita por profissionais.  Lembro-me de uma viagem para NY em 2007 em que sem querer cai na seção de cosméticos da Bergdorf Goodman e um senhor me apresentou um corretivo.  Achei aquilo mágico.

Não consigo entender ou explicar como agora eu simplesmente não consigo sair de casa sem passar pelo menos umas cinco “coisas” no rosto (talvez a idade).  Acho que maquiagem é uma espécie de droga que vicia a gente.  :)  Não dá pra negar que a indústria da beleza é uma das mais poderosas no mundo e diariamente cria e nos apresenta produtos “indispensáveis”: BB, CC, base, corretivo, iluminador, blush em cinco mil fórmulas diferentes, máscaras para alongar/curvar/multiplicar cílios.  Além disso, tem os mil produtos que servem para preparar a nossa pele:  primer para o rosto, primer para olhos, primer para fotos…

É tanta coisa, tanta novidade que eu quase tenho uma síncope nervosa quando me deparo com uma Sephora. Quase igual ao meu marido na porta da Best Buy.  ;)

Mesmo com a alta do dólar, maquiagem é uma das coisas que vale a pena comprar nos EUA.  Como venho falando sempre nessa série de posts sobre compras, pelo bem da sua sanidade mental, é indispensável viajar com uma lista de produtos e lugares com preços camaradas.

A seguir as minhas lojas de cosméticos preferidas nos EUA.

Sephora:

Dispensa apresentações, né?  Vende as maiores marcas de cosméticos e perfumes, mas não vende maquiagens da MAC e Chanel.

Farmácias/Supermercados:

O bom e velho Walmart oferece, além de preços bacanas e variedade enorme de produtos, uma seção ótima de cosméticos.  No quesito farmácias, dependendo da cidade em que você estiver, vai haver predominância da Walgreens, Duane Reade ou CVS e as três são absolutamente ótimas.  Normalmente vende as marcas baratinhas que a gente ama: NYX, Maybelline, Revlon, L´Oreal, Cover Girl, Rimmel, e.l.f… Mas não adianta tentar achar Benefit, Urban Decay ou outras marcas mais diferenciadas.

Ulta:

A Ulta mescla marcas mais sofisticadas com macas mais acessíveis.  Dá pra achar NYX, Maybelline, Revlon, L´Oreal, Cover Girl, Rimmel, e.l.f. e também Benefit, Urban Decay, Smashbox, Stila.  Se você não faz questão de comprar as marcas mais caras como Chanel, Dior, Nars e YSL, esse é o melhor lugar.

The Cosmetic Market:

É uma espécie de outlet de cosméticos (olha que frase linda essa!).  Os preços são ótimos porque a maioria dos itens que você encontra nas outras lojas, eles vendem muitos produtos que foram descontinuados.  Marcas disponíveis:  Maybelline, O.P.I., Elizabeth Arden, Garnier, Sally Hansen, Revlon, L’oréal, Bioré, Avene.  A única ressalva é que precisa dobrar a atenção à validade dos produtos.  Não tem muitas lojas espalhadas pelos EUA.  Tem um endereço em NY (Endereço: 15 E 37th St), mas não achei nada em Orlando.  Vende online.

Harmon Face Values:

O lugar que faria as farmácias se sentirem mal se elas tivessem sentimento.  J A diferença de preços entre as farmácias e a Harmon gira em 20% e 30%!  Além do vasto mix de produtos , ela tem uma coisa que eu amo: a seção de produtos para viagem – vários itens legais em tamanho miniatura. A loja de NY fica num endereço ótimo (675 Avenue of the Americas). Também vende online.

Caso queira as marcas mais sofisticadas como Dior, Chanel, YSL, Guerlain, Clé de Peau ou mesmo MAC, sugiro as lojas de departamento (Macy´s, Barneys, Bloomingdale´s, Bergdorf Goodman, Target, Neiman Marcus, Nordstrom, Saks Fith Avenue).  Elas nem sempre vendem com descontos, mas a variedade é enorme.  Dá pra tentar achar alguma coisa nos outlets dessas lojas de departamento como a Nordstrom Rack, Saks Off 5th, Neiman Marcus Last Call).

Depois dessas dicas, é só pegar a listinha, fazer uma prece para Nossa Senhora da Bicicleta te dar equilíbrio e para Nossa Senhora do Cartão de Crédito te dar juízo e aproveitar!

Foto: Morning Mommy Brew

Links da Semana #1

Tags

,

Todo bom viajante/planejador de viagens precisa ler muito sobre destinos: são passeios imperdíveis, restaurantes deliciosos, lojas com preços tentadores… Pensando nisso, vou começar essa série semanal com os links mais interessantes que eu for encontrando ao longo da minha semana.  Que tal?

  1. Dá pra comer bem em meio à correria dos Parques da Disney de Orlando pagando pouco?

Restaurante

2. Está planejando sua primeira ida para a Disney? Saiba que é não é preciso enlouquecer!🙂

magic-band-disney-orlando-02

3. Quer saber as coisas mais legais de fazer um cruzeiro da Disney no Halloween?

HOTHS3857393-613x409

4. Vai para os EUA e quer economizar nos restaurantes?

IMG_0957-1024x576

5. Você sabe como reservar restaurantes em Londres?

reservabookatable-680x360

Compras no Brasil: Catarina Fashion Outlet

Tags

, ,

No post anterior eu falei que no momento atual nem tudo está mais barato nos EUA do que no Brasil.  Se você for aplicado, fizer sua lista direitinho e colocar na ponta do lápis, algumas coisas acabam ficando mais baratas se compradas por aqui (com garantia e muitas vezes parcelado).

Hoje falo de uma opção para quem procura produtos excelentes com preços mais amigos.

Tenho feito algumas viagens entre São Paulo e Sorocaba e por esse motivo já parei algumas vezes no Catarina Fashion Outlet, sendo a última parada no último sábado (08/08/2015).  O shopping fica no km 60 da Rodovia Castello Branco (sentido interior).

Além das compras, vale bastante a pena o passeio: o local é lindo, o tempo geralmente é agradável naquela região e existem alguns restaurantes no shopping que podem servir de consolo caso você não se empolgue com os preços.

CATARINA FASHION

Nesta minha última visita, eu percebi uma coisa: o preço das coisas aumentou consideravelmente desde o começo do ano pra cá. Consequentemente tem menos gente comprando.  Mas não se engane: é difícil ver alguém sem nenhuma sacola no braço.🙂

Além das marcas nacionais, é possível encontrar lojas “estrangeiras” que não deixam nada a desejar em relação aos outlets gringos.

A loja da Nike, por exemplo, é muito boa.  Tem grande variedade, muitas opções de roupas e acessórios esportivos. Mas o grande filé da loja é a seção de tênis.  Eles tem muita variedade e com um pouco de paciência é possível achar preços ótimos.

NIKE CATARINA FASHIONO

Os modelos preto e branco da foto (infantil) estavam custando apenas R$59,90, mas eu já comprei tênis por R$39,90 para o meu filho que calça 31/32.  O modelo azul feminino que a minha filha adorou estava R$139,90. O que eu ainda considero um preço razoável para um tênis da Nike.  Além disso, achei a politica de preços bem similar à que é praticada nos EUA: descontos cumulativos e também descontos do tipo “compre um e ganhe 50% de desconto na segunda peça”.

A loja da Michael Kors para mim era a que mais valia a pena. Em compensação, foi a que mais teve aumento de preço (na minha percepção).  Em abril encontrei bolsas grandes, de couro, modelos lindos, por R$788,00 (foto bolsa laranja).  Modelos semehantes estavam agora R$1.349,00. #xatiada

MK Abril/2015

MK

MK Agosto/2015

MK AGOSTO2015

Outra loja que tem preços bem bacanas é a Calvin Klein. O único problema é que eles mudaram a disposição das peças. Em abril você achava as araras de R$39,90, R$49,90 e sucessivamente.  Agora eles colocaram as peças separadas em setores (masculino, infantil, feminino).  Achei tudo meio confuso, mas ainda encontrei umas camisetas excelentes para o meu filho por R$39,90 e eu já tinha comprado umas de manga longa com esse preço.

CKJ

Outra loja que eu acho bem legal é a Tory Burch, mas o preço é mais salgado.  As sapatilhas já são caras fora do Brasil, então aqui elas acompanham o preço.  Mas a loja é bonita e bem abastecida.

Já cheguei a ver umas coisas bem interessantes na Burberry, nada baratinho, óbvio, mas com preços mais amigos e parcelas a perder de vista.😉

Se puder, vá durante a semana porque no final de semana beira o insuportável, mas vá. Você não vai se arrepender.

Lista de lojas aqui!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 627 outros seguidores